Maquiagem no inverno protege contra as descamações

Inverno é a estação favorita de quem adora uma boa maquiagem. Os dias cinzentos, a moda mais elaborada e cheia de detalhes quase que pedem por uma produção caprichada pelos cosméticos muito úteis, aliás, contra o ressecamento causado pelos dias frios.


Aproveite e faça uma limpeza na penteadeira: jogue fora tudo o que já tiver perdido a validade ou produtos que estejam com rachaduras, endurecidos ou quebradiços. Troque tudo pelas cores da estação e fuja da pele amarelada, comum quando o bronzeado do verão começa a desbotar pela falta de sol.

Uma loção hidratante facial e um bom demaquilante são o primeiro passo para dar um fim na aparência de frigorífico. Outros produtos que são indispensáveis são a base, corretivo, pó facial, rímel, delineador e gloss. Nesses meses o melhor são cores como marrom e dourado.

"Se tiver que escolher, não dispense o corretivo e a base, que disfarçam as imperfeições da pele e também amenizam as olheiras". Mas, antes de qualquer procedimento, é preciso que a pele esteja limpa, hidratada e protegida com um filtro solar.
O corretivo deve ser da cor da pele e aplicado, de forma uniforme, somente nos pontos a serem corrigidos. O mesmo vale para a base. Ela deve ser espalhada suavemente em todo o rosto e pescoço, com o auxílio de uma esponja. Cuidado com o excesso do produto, para a pele não ficar manchada.  Kit básico que não pode faltar na sua nécessaire:
1. Hidratante com filtro solar;

2. Base num tom muito próximo da pele, que deve ser muito bem espalhada;

3. Corretivo no tom da pele, para disfarçar olheiras e as imperfeições da pele;

4. Pó compacto também no tom da pele;

5. Sombra (opcional) em tons claros como bege, pérola ou marrom;

6. Lápis de olho ou delineador (opcional) quando aplicado na pálpebra superior ajuda a realçar os olhos;

7.Rímel incolor ou preto aumenta os cílios e ajuda a levantar o olhar;

8. Gloss ou batom cor de boca;

9. Blush (opcional) - deve ser aplicado discretamente com um pincel grosso, nas cores pêssego ou terra.















Para aumentar seu leque de opções, montamos três tipos de nécessaire para diferentes tipos de mulheres, todos proporcionando makes completos:

Nécessaire econômica: Base, sombra opaca clara, máscara de cílios preta e batom cor de boca.

Nécessaire básica: base, sombra opaca clara, máscara de cílios preta, batom cor de boca e blush em bastão.

Nécessaire glamorosa: base, duo de sombras cintilante, máscara de cílios preta, blush pêssego, batom vermelho e brilho labial.




 

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Cinco dicas para evitar poros dilatados

Todo mundo sonha em ter uma pele lisa e macia. Mas para conseguir uma boa aparência, é preciso incluir de fato os cuidados de beleza na rotina diária. Assim como as rugas, a flacidez e as manchas, os poros dilatados – aqueles “furinhos” visíveis na pele – são indesejáveis e motivo de queixa entre as mulheres. A região mais afetada pelo problema é a chamada “Zona T”, que envolve testa, nariz e queixo.

Característico das peles oleosas e mistas, os poros dilatados acumulam células mortas e gordura. “Para minimizá-los é preciso manter a pele limpa e controlar a oleosidade”.
Além do primer, item aplicado antes da maquiagem e que ajuda a disfarçar as imperfeições da pele, existem diversos produtos no mercado que ofuscam os "furinhos". Contudo, para solucionar mesmo o inconveniente é preciso adotar cuidados mais específicos.
“Os poros dilatados são reversíveis, mas deve ser realizado um tratamento contínuo”. A aplicação de laser, por exemplo, é indicada e traz resultados rápidos. “O número de sessões pode variar entre uma e três, depende da gravidade”.
Com a ajuda de dermatologistas e esteticistas, elegemos cinco dicas certeiras para evitar a dilatação dos poros, confira:



1. Lave o rosto da forma correta

Dar uma ensaboada rápida embaixo do chuveiro não resolve – no máximo resseca a pele. Limpar o rosto todos os dias com água morna e sabonete específico é uma tarefa obrigatória para remover as células mortas e evitar o excesso de óleo na superfície dos poros. O ideal é repetir o procedimento de duas a três vezes por dia e tonificar em seguida com um adstringente. “A limpeza de pele profissional também é indicada uma vez por mês. É uma ação profunda que elimina as impurezas dos poros e ajuda a retraí-los.”



2. Cuidado com o hidratante
Após a limpeza, você deve aplicar um hidratante facial. Mais uma vez o produto deve ser específico para peles oleosas e mistas, do tipo “oil free”. Muitos hidratantes já oferecem princípios ativos que ajudam a diminuir a produção de sebo. O mesmo para o protetor solar. Formulações à base de gel, gel creme, sérum e fluído evitam o acúmulo de oleosidade e, consequentemente, a dilatação dos poros.

3. Coma direito

Você já sabe que a beleza acontece de dentro para fora. Portanto, tudo que você come reflete na aparência da pele, unhas e cabelo. Uma alimentação regrada e saudável ajuda a controlar o brilho excessivo na pele e o aparecimento de acnes. E de quebra, claro, melhora o aspecto geral da pele. Você tem pele oleosa e gosta de frituras? Então coma com moderação. Não adianta gastar um dinheirão em cosméticos e se jogar na batata frita. Lembrando que o chocolate é um alimento rico em gorduras também.

4. Esfoliação faz milagres
Assim como a limpeza profunda, a esfoliação elimina o acúmulo de sujeira nos poros e auxilia a retração deles. “Pode ser feita de uma a duas vezes por semana para remover o sebo e células mortas”. Mas pegue leve: não adianta esfoliar com força, isso só trará efeitos negativos.

5. Evite maquiagem em excesso

O excesso de maquiagem obstrui os poros e agrava os “furinhos” na superfície. O problema fica ainda maior para quem não retira a make antes de dormir – e daí voltamos para a dica número 1: lavar. O ideal é fazer uma limpeza geral para deixar a pele fresca. Use algum removedor específico se preferir, mas não oleoso. “É importante tratar e cuidar, não apenas disfarçar”. “Bonito mesmo é ter pele com aparência bem cuidada”.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Os ácidos que renovam a pele

Aproveite o clima mais frio para cuidar da pele com ativos potentes


A temporada outono-inverno é ideal para investir em tratamentos de beleza com ácidos. A ausência de sol forte beneficia a recuperação da pele, que fragilizada exige proteção total contra o calor e os raios solares. Desde que usados da forma correta, os ácidos renovam e clareiam a cútis. Em diversas formas de apresentação, eles podem ser aplicados em casa – em forma de cremes – ou em consultórios  – os conhecidos peelings químicos.
Os ácidos são altamente agressivos, portanto uma consulta prévia  é essencial para que uma avaliação criteriosa seja feita. Veja um apanhado do que há no mercado em ativos e discuta com um profissional as melhores opções para o seu caso.

Ácido Azeláico: para eliminar manchas e clarear a pele.
Ácido Fítico: poderoso antioxidante e clareador. “Minimiza os efeitos do envelhecimento cutâneo”, explica a dermatologista Thais Pepe, de São Paulo.
Ácido Fenol: agente utilizado para peeling profundo. Atenua cicatrizes e rebate o envelhecimento acentuado.
Ácido Glicólico: extraído da cana de açúcar, promove esfoliação e acelera a renovação celular.
Ácido Hialurônico: é usado para o preenchimento cutâneo. É também um excelente veículo para hidratantes.
Ácido Kójico: obtido da biofermentação do arroz, é usado principalmente para clarear manchas e a pele em geral.
Ácido Málico: proveniente da maçã, o málico clareia manchas, atenua rugas e tem ação regenerativa.
Ácido Mandélico: usado principalmente para amenizar os poros abertos.
Ácido Resorcina: mais indicado em tratamentos contra acne, principalmente para quem tem a pele bastante oleosa.
Ácido Retinóico: derivado da vitamina A, esse ácido é largamente utilizado, tanto em peelings quando em cremes noturnos. Ele combate os sinais do envelhecimento por meio da renovação celular e do estímulo da produção de colágeno. “É muito eficaz contra o fotoenvelhecimento”.
Ácido Salicílico: “Indicado para o tratamento da acne, também suaviza manchas e rugas, atuando como esfoliante e no controle da oleosidade”.
Ácido Tricloroacético: este ácido é bastante agressivo. “Usado em peelings para combater rugas profundas e cicatrizes”.


Uso domiciliar e no consultório

Quase todos os ácidos, exceto os extremamente agressivos, podem ser utilizados em casa, antes de dormir. Os ácidos de uso caseiro são vendidos em pomadas ou cremes manipulados.
Porém, os resultados mais eficientes costumam aparecer em procedimentos feitos em cabine. “Quando aplicados no consultório, em forma de peeling, a concentração do ácido é alta e o efeito intenso”.
Outra vantagem da aplicação de peelings em consultórios é o resultado obtido em pouco tempo. “A renovação celular é estimulada rapidamente”.
Além de renovar a pele de forma moderada, os ácidos produzidos para uso domiciliar têm outras funções, como preparar a pele para procedimentos no consultório e complementar o peeling. “Antes do peeling, a pele precisa ser preparada com ácidos por pelo menos 15 dias”.

Os resultados esperados
Os ácidos podem ser usados com sucesso no tratamento de manchas (sardas ou melasmas), linhas finas ou marcadas, cravos, espinhas em excesso, poros abertos, textura irregular da pele e oleosidade. “A finalidade principal do ácido é promover uma ‘troca de pele’, ou seja, a descamação da epiderme, eliminando as células mortas. Ele também atua na derme, a camada mais profunda da pele, estimulando a produção de colágeno e fibras elásticas”.

O principal cuidado para ter sucesso no tratamento com ácidos é usar bloqueador solar – mesmo em dias nublados e dentro de casa. Além disso, os ácidos deixam a pele mais sensível e com tendência ao ressecamento, por isso a hidratação caprichada é essencial – mesmo provocando um pouco de ardor.
Para potencializar a transformação que os ácidos promovem, vale combinar outros tratamentos e recursos modernos. “Como a luz intensa pulsada, que acelera o clareamento de manchas; o infravermelho longo, que estimula a produção de colágeno e melhora flacidez; e lasers, como o Gênesis, que melhora a aparência das rugas finas, fecha os poros e estimula a produção de colágeno”.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

O que você precisa saber sobre o primer

O primer ganhou espaço e já é um dos itens básicos na bolsa de muitas apaixonadas por maquiagem. Uma fina camada do produto, que deve ser aplicado antes de iniciar a produção, forma uma textura aveludada e uniforme no rosto, diminuindo as linhas superficiais e auxiliando na fixação do make.


Depois de limpar e tonificar a pele é a vez dele. Aplique algumas gotinhas e depois espalhe com esponja. Com opções em creme ou líquido, a pré-maquiagem milagrosa também fecha os poros e evita a oleosidade fazendo com que o look dure por mais tempo. “A versão cremosa tem o manuseio mais fácil, é indicada para quem não tem tanta habilidade”.
É possível escolher características específicas, como área dos olhos, definições em HD, fator de proteção solar e até iluminadores – o queridinho de muitas mulheres. “Esse último enfatiza os pontos de luz, como a parte externa da sobrancelha, maça do rosto e ponta do nariz”.
Ainda não há substituto na função e os preços do primer podem ser elevados. “Acredito que os produtos com maior proteção solar são melhores para uso diário. Mas logo existirá um que reunirá todos avanços numa só embalagem”.

Os segredinhos do primer

- Proporciona textura aveludada na pele
- Nenhum outro produto substitui o primer, nem o hidratante
- Corrige pequenas imperfeições e fecha os poros
- As micropartículas iluminam o visual
- A versão em creme é mais fácil de manusear
- Ajuda a fixar a maquiagem

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Como desinflamar espinhas

Os motivos para o surgimento das espinhas são vários, alimentação mal balanceada, uso contínuo de cosméticos inadequados, desregulação hormonal e estresse. Formas de combater as espinhas também não faltam entre elas uma receita que vem cada vez mais agradando por ser econômica e prática  é a da aspirina.


Aspirina para espinhas

Aspirina para espinhas é uma receita caseira que promete ótimos resultados devido ao ácido acetilsalicílico presente em sua composição, um dos ingredientes mais usados em produtos anti-acne.

Ácido acetilsalicílico o que é:
O ácido é anti-inflamatório e antibactericida ele age afinando a pele, diminuindo a produção de gordura e protegendo contra as bactérias. Também atua contra as rugasl, umas vez que combate os radicais livres, retardando o envelhecimento precoce da pele. Além disso ajuda no clareamento de manchas, tanto as causadas pela acne, como pelo dano da exposição solar.

Como usar:
  • Com ajuda de uma colher esmigalhe uma drágea de aspirina até que fique em pó
  • Umedeça-o com algumas gotas de água filtrada para formar uma pasta
  • Utilize uma colher de sobremesa para misturar a água e o pó
  • Lave a pele normalmente com água e sabonete
  • Com o dedo aplique essa pasta sob a espinha
  • Deixe agir por uns 10 minutos e lave normalmente a pele com água.
Dica: Geralmente após algumas horas a espinha irá desinflamar naturalmente. Se necessário repita o procedimento. Lembre-se que jamais deve espremer as espinhas pois isso pode provocar cicatrizes e espalhar a infecção para regiões próximas.

Aspirina e mel:
Aspirina e mel é uma receita de máscara caseira que tem propriedades esfoliantes e anti-inflamatórias que eliminam as células mortas e promovem a regeneração celular. Enquanto a aspirina atua sobre a acne, o mel regenera a pele tornando-a mais hidratada e suave.
A combinação destes dois ingredientes, que quase todo mundo tem em casa, produz efeitos imediatos e muitos satisfatórios. Mais um ponto positivo desta máscara é o fato de poder ser aplicada em qualquer tipo de pele.

Ingredientes:
2 aspirinas
2 colheres (chá) de mel
Algumas gotas de água filtrada.

Modo de preparo e uso:
  • Em um pires coloque as duas aspirinas e as gotas de água, de modo a que se desfaçam
  • Adicione as colheres de mel e misturem tudo muito bem
  • Com o rosto lavado e seco, aplique a mistura em movimentos circulares
  • Deixe agir de 15 a 20 minutos.
  • Retire a máscara com água morna
  • Finalize aplicando um hidratante ou protetor solar facial.
Dica: Evite aplicar a mistura nas regiões próximas aos olhos e narinas. Após utilizar a máscara nunca nunca esqueça de usar protetor solar, pois o ácido pode causar manchas sob o sol. A máscara deve ser aplicada apenas uma vez por semana, pois o uso exagerado do ácido pode provocar alergias.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Fome noturna: o que comer antes de dormir

Dormir de estômago vazio não é bom, mas se alimentar demais à noite também não é uma boa ideia. Veja o que comer e o que evitar antes de dormir para não prejudicar seu sono


Ir para a cama de estômago vazio não é um hábito saudável, já que ficamos por um longo período sem nos alimentar quando estamos dormindo. O mais indicado é que se faça uma refeição completa e leve no horário do jantar - entre as 20h e as 20h30 - e que antes de dormir seja ingerida uma porção de fruta in natura.
"Desta maneira, conseguimos manter sob controle os níveis de cortisol, um hormônio relacionado ao estresse, e também os picos de insulina, pois ao permanecemos em intervalos grandes sem nos alimentar esses níveis apresentam-se descompensados".
Com estes dois fatores controlados é possível prevenir as desordens relacionadas à glicemia durante o sono e atingir mais facilmente o que se chama de sono reparador, já que os fatores relacionados ao estresse também são melhor administrados quando não dormimos com fome.

O que comer à noite?

No jantar, faça uma refeição leve na qual sejam encontradas fontes de proteína, lipídeos, carboidratos, fibras e fitoquímicos (vegetais), pois estas combinações garantirão o aporte diversificado de nutrientes.
Uma sopa é sempre bem vinda, mas quem preferir pode sim comer o arroz e feijão de cada dia, sem problemas. Já os lanches devem ser consumidos de forma bastante moderada, porque são fontes de boas calorias e apresentam déficit de nutrientes essenciais.
Antes de dormir, além das frutas, consuma também chás naturais e torradas. "As frutas podem ainda ser acompanhadas de cacau em pó, aveia ou cereais integrais. Tais alimentos são precursores de triptofano e fontes de melatonina, substâncias que estão diretamente envolvidas com o sono reparador".

O que evitar antes de dormir?

Para não prejudicar o sono, grandes volumes de alimentos - principalmente os ricos em gordura e em condimentos - devem ser evitados a partir das 22h.
"Esses alimentos gordurosos e condimentados necessitam de maior tempo para serem digeridos. Quando deitamos para dormir nosso metabolismo se altera, retardando um processo digestivo adequado".

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

8 alimentos que combatem o envelhecimento

Combatentes das inflamações e fotoenvelhecimento, os alimentos antioxidantes são nutrem e cuidam da pele. Veja quais são eles e inclua no cardápio.


Além dos cuidados estéticos, a alimentação é parte fundamental para qualquer tratamento de pele. Por isso, fique atenta a algumas dicas de alimentos antioxidantes que vão prevenir a tez de inflamações, fotoenvelhecimento e rugas:

1. Chá-verde
Além de antioxidante, o chá verde também tem propriedades como vitamina C, vitamina A, cálcio, potássio, fósforo, flúor e vitaminas do complexo B.

2. Uva

A fruta é rica em sais minerais, tais como cálcio, ferro, fósforo, magnésio, sódio e potássio. A uva também possui vitaminas (complexo B e vitamina C). Outro componente abundante na casca da fruta e nos vinhos (em especial no tinto) é o resveratrol, que possui também ação anti-inflamatória, promovendo o efeito lifting na pele

3. Chia

Rica em ômega-3, a chia é antioxidante, desintoxicante e ajuda a emagrecer. A sementes também são ricas em fibras e cálcio.

4. Castanha-do-pará

A castanha-do-pará tem minerais e tanino. Os produtos à base de castanha são os mais indicados para peles secas, por suas propriedades emolientes, hidratantes e lubrificantes.

5. Vitamina C

A vitamina C é encontrada em frutas como abacaxi, acerola, agrião, caju, goiaba, laranja, limão, morango, salsão, pimentão, tangerina e tomate. Além de manter o corpo imune a doenças, os alimentos têm propriedades antioxidantes e previnem o fotoenvelhecimento.

6. Linhaça e nozes

Além de antioxidantes, a linhaça e as nozes são fontes de vitamina E, ômega-3, cálcio, magnésio, zinco e selênio, nutrientes que ajudam na desintoxicação das células.
7. Maçã
A maçã possui flavonoides (agentes importantes em ações anti-inflamatórias, hormonais, alérgicas e até anti-hemorrágica) e quercetina (ação anti-inflamatória) que aumentam os níveis de antioxidantes e atuam na proteção das células do fígado, o órgão fundamental no processo de desintoxicação.

8. Chocolate

De acordo com uma pesquisa publicada no Chemistry Central Journal, o chocolate possiu propriedades (precisamente o cacau) que funcionam como antioxidantes. Para não estragar a dieta, aposte na versão amarga, que contém mais antioxidantes e menos gordura.


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Cosméticos com efeito tensor prometem "lifting" temporário; saiba como eles funcionam

Aplicação dos cosméticos tensores deve ser feita com a pele limpa, livre de oleosidade e protetor solar; o "efeito Cinderela" dura por até quatro horas


Não é delírio e nem sonho, não. Usando os produtos certos, é possível subtrair alguns anos da carteira de identidade quase instantaneamente. O segredo para tal milagre está na fórmula incrementada de alguns cosméticos que prometem o aclamado “efeito lifting”, assim denominado porque é como se você tivesse, realmente, se submetido a uma cirurgia plástica. É ou não é o desejo supremo de qualquer mulher? “Esses cosméticos têm como base proteínas tensoras que, ao serem aplicadas sobre a pele, se desidratam e se retraem, exercendo, assim, um efeito tensor instantâneo”. “Há hidratantes com eficiência para atrair água e promover um estiramento da pele”.

Há vários elementos usados para este fim. Alguns, como o tensine e raffermine, atuam em sinergia. O tensine é obtido a partir de frações especiais de proteínas do trigo e o raffermine é extraído da soja. “Enquanto o primeiro deposita sobre a pele uma grande quantidade de proteínas tensoras, o segundo vai mais fundo e, além de também promover esse "efeito Cinderela" imediato, inibe a destruição do colágeno decorrente da idade, prevenindo e combatendo a flacidez”. Outro ingrediente bastante empregado é o ácido hialurônico em concentrações de 5% a 10%, associado a outras moléculas, o que incrementa sua capacidade hidratante. Presente no organismo, ele preenche os espaços entre as células e, com o avanço da idade, diminui -daí a necessidade de ser reposto. “Tais moléculas atraem a água e ‘incham’ a pele, que fica com aspecto mais esticado”. Há ainda outros componentes, como densiskim, ácido lático, ácido glicólico, vitamina E, niacinamida e pantenol, para citar apenas alguns.

O “lifting” caseiro tem vida útil de entre duas e quatro horas, ou seja, é um artifício perfeito para quando se quer parecer mais jovem em um compromisso, uma festa, um encontro importante... “Não há danos colaterais mas, se a pessoa estiver muito cansada ou desidratada, o resultado pode não ser tão intenso”.

Aplicando certo, dura mais

 
Algumas dicas sobre o emprego do cosmético aumentam a eficácia e a duração dessa "plástica a jato sem bisturi". Primeira regra: passar o produto diretamente sobre a pele perfeitamente limpa (sem oleosidade e sem filtro solar) e seca. Aplique o produto um pouco antes do seu compromisso (não adianta se embonecar toda às 18 horas, se o compromisso começa só às 20). Calcule direitinho o horário para não sofrer no fim da noite como Cinderela. Por fim, quanto mais espessa a camada que você aplicar, maior será o efeito tensor. “Dessa forma, cada pessoa pode controlar o grau do lifting que deseja obter”. Maquiagem, filtro solar e qualquer outro item devem ser passados por cima e somente de 10 a 15 minutos depois de aplicado o produto tensor para garantir que o cosmético tenha sido completamente absorvido.

Boa notícia: além de exibir uma pele mais rejuvenescida imediatamente, se o cosmético tiver raffermine na fórmula, os benefícios se prolongarão. “Por atuar na proteção do colágeno dérmico, quanto mais tempo usar o produto, melhores serão os resultados e a atenuação de rugas e marcas a médio e longo prazos”.Recomenda-se ler sempre com atenção os dizeres do rótulo –inclusive modo de aplicação–, pois cada um pode conter particularidades que vão reforçar os resultados.


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Tratamentos de pele para fazer no inverno

A época é ideal para o tratamento de rugas, estrias e cicatrizes já que a exposição ao sol é menor

Para que os tratamentos estéticos tenham ótimos resultados, o recomendado é que alguns deles sejam feitos no inverno, quando a exposição solar é menor. Desta forma, evitam-se agressões na pele que podem causar hematomas, manchas, cicatrizes, inflamações e outras complicações.
Os procedimentos ideais para a estação mais fria do ano são para tratar rugas, estrias e cicatrizes. Veja algumas dicas e fique por dentro dos tratamentos de pele para fazer no inverno que garantem resultados positivos, deixando a pele renovada e muito bem cuidada. E não esqueça que, após todo tratamento, também é necessário ter alguns cuidados e muita proteção.

Depilação a laser

A depilação a laser é um procedimento estético específico para eliminação dos pelos do corpo nas áreas que não têm contato com a mucosa. Os pelos são destruídos com um aparelho à laser ou luz pulsada que é aplicado na região.
Esse tipo de tratamento é ideal para ser feito durante o inverno porque é uma época em que não expomos muito a pele aos raios solares intensos como no verão.
O tempo estimado para ter bons resultados com depilação a laser no inverno é de até cinco sessões com intervalos de 20 dias cada. A duração do resultado até que os pelos voltem a crescer varia de mulher para mulher, pois isso vai depender se o pelo foi mesmo retirado pela raiz. A recuperação para o tratamento à laser é não se expor ao sol por um período de cinco dias, pois a pele fica muito sensível.

Escleroterapia

A escleroterapia é um tratamento que seca os vasinhos menores e avermelhados através da aplicação direta com injeções com substâncias químicas ou laser, que costuma ser uma opção mais eficiente. Os resultados podem ser visíveis na primeira sessão mesmo quando os vasinhos são mais finos, em caso dos grossos é necessário fazer mais sessões. Para evitar manchas e hematomas, evite que a região arroxeada, onde foi feito o tratamento, seja exposta ao sol durante um período de dez dias a um mês, se possível.

Intradermoterapia

Para o tratamento de estrias, usa-se o procedimento da intradermoterapia, são injeções com substâncias como a vitamina C aplicadas na região afetada para ajudar amenizar a coloração das estrias. Os resultados podem ser vistos a partir da décima sessão e durante os três primeiros dias é recomendado não expor a região no sol, pois a pele ainda apresenta hematomas recentes.

Laser fracionado

O laser fracionado é um tipo de tratamento para cicatrizes de acne e rugas profundas. Esse procedimento é feito por equipamentos como Fraxel, pixel e laser de CO² que são eficazes podendo atingir até a segunda camada da pele, promovendo a descamação, renovando as células e estimulando a produção de colágeno.

Antes, é necessário usar cremes preparatórios na pele por três semanas. Para fazer o tratamento, usa-se pomada anestésica e sedativo na região aplicado por um profissional. O resultado pode ser visível logo na primeira sessão, mas para repeti-la é necessário aguardar até dois meses.
Após o procedimento, a pele fica machucada por até cinco dias, formando feridinhas que permanecem por até dez dias no máximo. Para que a recuperação seja um sucesso, é recomendado não se expor aos raios solares durante um mês e ficar de repouso completo por até dez dias.

Luz pulsada

A luz pulsada é específica para o tratamento de manchas, estrias e flacidez. O procedimento é feito através de uma luz que transmite calor e age em vários níveis da pele. Primeiramente, ela ajuda a corrigir manchas e vasos superficiais, depois vai mais profundamente, estimulando a produção de colágeno e por último, dá mais firmeza à pele e ajuda a suavizas as rugas. O tratamento não é nada agressivo e dependendo do grau do problema, ele pode apresentar bons resultados na primeira sessão. Para que o resultado seja satisfatório, é preciso evitar exposição solar por até uma semana.

Peeling de cristal

O peeling de cristal é um tratamento de esfoliação facial que previne espinhas e rugas. É aplicado através de uma máquina onde microcristais eliminam as células mortas da pele, limpando as impurezas e combatendo a oleosidade excessiva. Neste tratamento não há uso de produtos químicos.
Para garantir uma rápida recuperação, basta evitar o contato com raios solares por até três dias e aplicar o protetor solar diariamente, até mesmo nos dias frios e nublados. Mantenha o tratamento contínuo para resultados ainda melhores.

Peeling médio

O peeling médio é um tratamento específico para as rugas médias e manchas faciais. Esse tipo de tratamento usa-se ácidos como o retinóico, blue peel, ATA, entre outros tipos, por isso é considerado mais agressivo. A recuperação do tratamento de peeling médio exige cuidados maiores, pois não é permitido se expor aos raios solares por até 10 dias, já que pele fica muito sensível. Na maioria dos casos, após a sessão, ela apresenta uma tonalidade avermelhada e sensação de ardência. O uso do protetor solar nesse período é primordial. Cada caso é um caso, por isso é preciso aguardar um mês após a primeira aplicação para repetir o procedimento.

Peeling profundo

Como o nome já diz, o peeling profundo é um tratamento mais forte, específico para cicatrizes mais profundas e rugas acentuadas. Neste tratamento, usa-se o ácido fenol, que tem a função de chegar até a camada mais profunda e promover uma renovação celular na pele. Seus resultados são bastante satisfatórios, principalmente para quem possui rugas bastante acentuadas.
Como se trata de um procedimento mais complexo, é necessário usar pomadas e cremes faciais por um mês e uma pomada anestésica no dia do tratamento. Para garantir ótimos resultados, sem causar dano à pele, é necessário ficar até um mês sem se expor ao sol e dez dias de repouso completo. Com uma sessão apenas, já é possível ver ótimos resultados na pele, mas caso seja preciso repetir o procedimento, é preciso esperar um tempo de dois meses.

Você encontra essa e outras matérias em: www.coisasdemulher.com.br

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Hidratante labial caseiro

Hidratante labial caseiro é uma ótima opção para manter os lábios bonitos e evitar ressecamento e rachaduras, tanto no verão, como no inverno. Atualmente contamos com varias opções para a hidratação labial, mas para quem adora receitas caseiras aposte no mel, que promete hidratar e proteger os lábios, deixandos-os macios e suaves.

Hidratante caseiro para os lábios

Hidratante caseiro para os lábios além de econômico e fácil de preparar, oferece ótimos resultados graças ao mel que hidrata profundamente e o óleo de amêndoa que nutre instantaneamente. Aprenda a receita e desfrute dos resultados.

Ingrediente
  • 4 colheres (sopa) de óleo de amêndoas
  • 1 colher (sopa) de raspas de cera de abelha
  • 1 colher (chá) de mel
Como preparar
  • Aqueça o óleo de amêndoas e a cera de abelha em fogo brando, até a cera derreter.
  • Em seguida, retire do fogo, adicione o mel e misture bem.
  • Transfira a mistura para um pequeno recipiente (com tampa).
  • Deixe esfriar, mexendo de vez em quando para obter uma mistura uniforme.
  • Aplique uma pequena porção nos lábios sempre que desejar.
  • Guarde em local fresco e seco.




  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Creme manipulado ou creme industrializado: vantagens e desvantagens de cada um

Saiba quais são os benefícios e malefícios de cada forma de tratamento

Pele saudável, sedosa e totalmente hidratada. É o que prometem os cremes revitalizantes ou simplesmente os hidratantes corporais. De diversas marcas, preços e formas, eles podem ser manipulados por farmácias especializadas ou também os industrializados que já vem pronto da fábrica. Mas afinal,qual é a diferença entre cada um?

Atualmente o mercado de cosmético evoluiu de tal forma que os produtos industrializados competem entre si pela grande eficácia que eles proporcionam. “Dependendo do tipo do caso de cada  paciente, indica-se os prontos de fábrica, pois eles tiveram um grande aumento da qualidade, o que o deixa tão eficaz quanto os manipulados”.

Cremes manipulados

 Os cremes manipulados são indicados para pacientes que precisam de determinados componentes a mais ou específicos na formulação para o tratamento.
“Podemos tratar duas ou mais situações com os produzidos em farmácias de manipulação, pois é possível adicionar componentes que tratem por exemplo, manchas e envelhecimento da pele em um único medicamento”.
Além de permitir com que o dermatologista especifique exatamente o ativo que o medicamento deve ter, os manipulados são economicamente mais viáveis, o que não necessariamente reduz a excelência no tratamento.
“Eles são sim mais baratos que os industrializados, porém, se feito de acordo com as orientações do profissional e em uma farmácia de confiança, os resultados são tão bons quanto os comprados em lojas de cosméticos”.
Dependendo do caso, são os manipulados que melhor desempenhará o tratamento da pele. “Para saber qual é a melhor opção de creme, é preciso que o paciente peça orientações ao profissional que poderá analisar qual tipo de medicamento é indicado para o caso”.
Porém, por serem produzidos com componentes diversos, podem ocorrer alergias na pele. “Eles podem sim causar algum tipo de reação alérgica no paciente, por isso, a necessidade de haver orientações e prescrições médicas”.

Cremes industrializados

Os cremes industrializados são destinados exatamente ao problema do paciente detectado pelo dermatologista ou esteticista. “Os feitos em indústrias também oferecem bom resultado. Como foi testado em laboratórios, sabe-se quais são os efeitos colaterais que podem aparecer”.
Por serem testados antes de ir para as gôndolas das lojas, eles não variam o padrão de qualidade. “A penetração dos produtos são bem eficazes devido aos testes nos laboratórios”.
Porém, como os componentes já são pré fabricados para tratar exatamente o problema, não há a possibilidade do médico unir mais ativos para outros tratamentos.

Essa e outras matérias você encontra em www.dicasdemulher.com.br

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

A partir de que idade é recomendado usar anti-rugas?

Saiba o que fazer para prevenir os sinais de envelhecimento da pele

Ainda na infância, as meninas aprendem a cuidar da beleza. Até os 15 anos, a lista de prioridades varia entre roupas, sapatos e acessórios. Após essa idade, a preocupação se estende ao corpo e começam as batalhas contra estrias e celulites. Mas, e com relação à pele, ao rosto? Qual será o momento ideal para combater o envelhecimento facial?
Linhas de expressão e as temidas rugas já podem ser notadas no rosto feminino a partir dos 25 anos. Elas aparecem, principalmente, na região dos olhos e da testa e, mais tarde, começam a se formar ao redor da boca. Mas não é no momento em que elas surgem que devem começar as ações corretivas. O ideal é prevenir.
Na verdade, os cuidados para evitar o envelhecimento da pele começam ainda na infância. ”O protetor solar é considerado por muitos a melhor arma contra nossas inimigas (rugas) e deve ser usado a partir dos seis meses de idade diariamente”. É importante lembrar que somente o uso de filtro solar não caracteriza um tratamento contra rugas, contudo, ajuda a manter uma pele saudável e evita o aparecimento das rugas.
Para saber quando começar os tratamentos de prevenção e correção das rugas, o ideal é consultar um médico dermatologista ou uma Esteticista. “O tratamento cosmiátrico, como é chamado tecnicamente o tratamento anti-rugas, deve iniciar com uma visita ao profissional. Ele engloba produtos adequados para limpeza, proteção solar e hidratação da pele. Outros recursos como o botox, preenchimento e laser podem complementá-lo e proporcionar à paciente um rejuvenescimento mais rápido e natural”.
As rugas ganham força a partir dos 30 anos. Mesmo assim, o início do tratamento varia de mulher para mulher porque as rugas aparecem por fatores distintos, como:tendência genética, cor da pele, tipo de pele, exposição solar e alimentação. O que acontece fisicamente para o aparecimento das rugas: “basicamente, o que ocorre é o rompimento do colágeno e elastina, substâncias que dão sustentabilidade à pele.”

Cuidados ao escolher seu creme anti-rugas

A escolha do creme anti-rugas é delicada. O mercado oferece produtos que prometem por fim às rugas, mas, na verdade, são pouco eficientes. “Escolher cremes em catálogos pode induzir a paciente a optar por produtos desnecessários. Algumas marcas contêm corantes e perfumes que podem causar alergia e princípios ativos que variam de hidratantes a ácidos que podem ressecar a pele”.
É importante respeitar a idade recomendada pelo rótulo do creme. Essa recomendação é baseada na textura do produto, quanto maior a idade recomendada, mais oleoso será o anti-rugas. O que isso significa? Se um creme recomendado para a faixa etária de 50 anos, por exemplo, for aplicado em uma pele de 30 pode ocorrer obstrução dos poros e causar um resultado ruim.
Para alcançar o objetivo de manter um rosto livre de marcas, a mulher deve se cuidar ainda no período em que a pele não apresenta rugas ou linhas de expressão e, quando os sinais de envelhecimento começarem a surgir, a atenção deve ser redobrada.

Você encontra essa e outras matérias em www.dicasdemulher.com.br

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Fique atenta ao vencimento das maquiagens


Muita gente não presta atenção, mas maquiagem tem data de vencimento. Usar produto vencido pode causar vários tipos de irritação na pele, além de bolhas e vermelhidão.

As pessoas não têm mesmo o costume de verificar a data de validade dos cosméticos, mas é importante alertar para o surgimento da acne cosmética, um tipo específico difícil de ser tratado e que acontece com mais frequência nas mulheres adultas.
A prática pode ocasionar ainda dermatite por contato, vermelhidão, coceira e descamação, principalmente na região dos olhos, onde pode acontecer também queda de cílios e sobrancelha. Compartilhar produtos também não é recomendável.
Muitas vezes, a pessoa não percebe que a maquiagem está vencida, mas quando isso acontecer é importante descartar o produto, idem quando achar que a qualidade não está adequada. Produto ressecado tem que descartar também. “Lápis de olho tem validade pequena, em torno de seis meses. O cheiro pode estar alterado e ele quebra mais fácil. O batom dura em torno de um ano. Base e demaquilante, é interessante verificar se há precipitação no frasco. Maquiagem infantil tem o prazo de validade reduzido porque têm menos conservante, o que diminui a chance de irritação”.
Outro fator importante é observar o ambiente onde o produto está sendo guardado. Prefira ambientes arejados, livres de umidade. Os acessórios também precisam ser verificados, pincéis, enponjas, tudo precisa ser limpo e seco periodicamente.
Ainda que o uso de maquiagem não causa envelhecimento precoce, como muitas pessoas acreditam. Ao contrário, hoje em dia, quase todos os produtos previnem o fotoenvelhecimento porque contém filtro solar. Além disso, muitos produtos possuem ativos que suavizam as rugas.
Dormir com maquiagem é outra prática incorreta, pois há risco de aumentar a chance de obstruir os poros. O ideal é higienizar a pele e deixá-la respirar e se recuperar.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Dúvidas sobre depilação genital e outras


Corro algum risco de contrair doenças ao fazer a depilação total da vagina e do ânus com cera?
Não há contraindicação médica. “Cuidados básicos de higiene são sempre necessários, claro. A cera precisa ser descartável e o procedimento feito com cuidado”. A falta de pelos não favorece o aparecimento de infecções. “O pelo não tem função de proteger a vagina. Contudo, não são todas as pessoas que se sentem bem com esse tipo de depilação, essa é uma escolha muito pessoal”.


Cera quente pode causar queimaduras e manchas?
Se a cera não estiver na temperatura adequada, pode causar lesões, inclusive queimaduras, bolhas e deixar cicatrizes e manchas. “A mancha é uma reação natural em casos de infecção na pele. Ela pode ser ocasionada por pelo encravado ou foliculite (pequenas bolhas parecidas com espinhas) na região depilada. Isso agride a pele e estimula o seu escurecimento”.
Depilar o buço deixa a pele escura com aspecto de “bigode”?
Pode acontecer com mulheres que tomam pílula anticoncepcional. Nesses casos, a depilação seguida de exposição solar tende a escurecer a pele e causar o aparecimento do temido bigode.

Depilação estimula o aparecimento de espinhas?
Após a depilação, é comum as mulheres reclamarem do aparecimento de espinhas na região. Mas, na verdade, trata-se de foliculite, uma inflamação do folículo pilo-sebáceo (o orifício onde nasce o pelo). Uma esfoliação suave pode resolver os casos mais simples. Porém, a foliculite severa deve ser tratada por um dermatologista, muitas vezes com antibióticos.
A depilação com cera pode gerar flacidez?
Segundo uma dermatologista , não há o risco de flacidez. Isso porque o dolorido puxa-puxa tem ação superficial na pele.
Posso fazer depilação definitiva com laser no verão?
Apesar de alguns aparelhos modernos prometerem bons resultados em peles bronzeadas, muito comum no verão, é conveniente evitar. Além disso, após a depilação, a exposição ao sol fica proibida por pelo menos 15 dias. Mas se você pretende passar todo o verão bem longe do sol, então vá em frente.
Depilação com cera quente estimula o aparecimento de vasinhos nas pernas? A cera quente pode romper alguns vasos mais delicados, mas não é comum. Esse problema, geralmente, é apresentado apenas por mulheres como tendência genética.
Cera quente escurece a virilha? Sessões muito seguidas podem causar o escurecimento da virilha, principalmente quando há exposição ao sol sem proteção. Alguns tratamentos proporcionam o clareamento das manchas, como luz pulsada, laser e cremes clareadores contendo ácidos e vitaminas.
Algum procedimento preparatório favorece a extração dos pelos? Uma esfoliação leve consegue liberar os pelos encravados e melhorar o resultado da depilação. Mas o ideal é ter bom senso na hora de depilar: espere o pelo crescer e não insista em removê-los ainda pequenos.





  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Da natureza para o futuro

Produtos feitos de ingredientes naturais ou orgânicos são tendência mundial, segundo especialistas


Methylpropional? Propilparabeno? Essa sopa de letrinhas encontrada nos ingredientes de alguns cosméticos não é só difícil de decifrar, mas também rejeitada por parte dos consumidores e fabricantes. O mercado vem valorizando marcas que, dentro de uma estratégia de sustentabilidade mais ampla, optam pelos ativos naturais em cremes e produtos para a pele, deixando de lado os conservantes e ingredientes sintéticos.
Esse movimento reflete uma busca por maior qualidade de vida, que só fabrica produtos orgânicos certificados e exportou mais de US$ 1 milhão em 2009.” É uma evolução do ser humano, que começa a questionar o que usa e os benefícios daquilo”.
Em um mercado onde sai de cena o óleo mineral derivado do petróleo e brilham ingredientes da natureza como karité e cupuaçu, existem produtos com alto valor agregado. Eles têm embalagens recicláveis, métodos de produção com menores impactos ambientais e não são testados em animai. “Não basta ter um ingrediente natural, mas ter matérias primas sustentáveis, mão de obra justa. É toda uma filosofia”.
O conceito do natural não é novo, a exemplo dos produtos oferecidos por redes mundialmente famosas como Kiehl's e The Body Shop, comprada pela gigante L´Oréal em 2006. O segmento, porém, deve crescer e ganhar adeptos. A Vyvedas aumentou seu faturamento em 200% entre 2009 para 2010 e vai expandir o negócio com a abertura de lojas próprias. “O natural e orgânico virou uma questão global e está chegando aqui”.
De acordo com uma pesquisa do Ibope Midia, mais de 70% dos brasileiros pagariam mais caro por produtos ambientalmente corretos. Isso indica uma intenção do brasileiro, que, pode inverter a ordem do mercado. “Quando o consumidor entender que pode ter o mesmo resultado sem afetar sua saúde nem o planeta, ele vai preferir esse produto”.
Com a opção por produtos totalmente naturais, os consumidores evitam contato com derivados de animais, de petróleo, conservantes sintéticos e fragrâncias, responsáveis por muitos casos de alergias. “Além disso, o produto natural tem benefícios reais. O óleo vegetal da castanha, por exemplo, é antioxidante, retarda o envelhecimento, cicatriza”. “O cosmético normal dá um efeito imediato, mas a médio e longo prazo causa efeitos colaterais. É como subir um degrau e descer dez”. O óleo mineral envelhece a pele precocemente e ingredientes como teflon e chumbo usados em maquiagem podem provocar até queda na libido. Mas nem todo produto natural é orgânico, e isso requer atenção do consumidor na hora da compra. Para isso é preciso uma série de certificações. “Ele não pode usar ingrediente transgênico, tudo tem que vir de agricultura orgânica”.
A Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) indica que os produtos locais e a incorporação das matérias primas da biodiversidade brasileira estão entre as grandes tendências do setor.  É possível prever mais produtos naturais no mercado a partir de agora. “Encontraremos muitas substâncias derivadas de plantas e um avanço na vetorização e nanoencapsulamento delas, o que dá maior eficácia e segurança”. “A tendência é o desenvolvimento de dermocosméticos produzidos a base de materiais naturais, como por exemplo,um antiaging com cristais de quartzo rosa”.
Se a tendência se confirmar, entram com tudo nos potinhos de creme elementos como açaí, bacuri, castanha do Brasil e murumuru. Tudo isso aliado à tecnologia – e não como aquelas máscaras caseiras do tempo da vovó.


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Da natureza para a evolução cosmecêutica

Produtos feitos de ingredientes naturais ou orgânicos são tendência mundial, segundo especialistas

Methylpropional? Propilparabeno? Essa sopa de letrinhas encontrada nos ingredientes de alguns cosméticos não é só difícil de decifrar, mas também rejeitada por parte dos consumidores e fabricantes. O mercado vem valorizando marcas que, dentro de uma estratégia de sustentabilidade mais ampla, optam pelos ativos naturais em cremes e produtos para a pele, deixando de lado os conservantes e ingredientes sintéticos.
Esse movimento reflete uma busca por maior qualidade de vida, quem só fabrica produtos orgânicos certificados e exportou mais de US$ 1 milhão em 2009. É uma evolução do ser humano, que começa a questionar o que usa e os benefícios daquilo”.
Em um mercado onde sai de cena o óleo mineral derivado do petróleo e brilham ingredientes da natureza como karité e cupuaçu, existem produtos com alto valor agregado. Eles têm embalagens recicláveis, métodos de produção com menores impactos ambientais e não são testados em animais, a exemplo do que propõe a marca recém-lançada pela modelo Gisele Bündchen, a Sejaa. “Não basta ter um ingrediente natural, mas ter matérias primas sustentáveis, mão de obra justa. É toda uma filosofia”.
O conceito do natural não é novo, a exemplo dos produtos oferecidos por redes mundialmente famosas como Kiehl's e The Body Shop, comprada pela gigante L´Oréal em 2006. O segmento, porém, deve crescer e ganhar adeptos. A Vyvedas aumentou seu faturamento em 200% entre 2009 para 2010 e vai expandir o negócio com a abertura de lojas próprias. “O natural e orgânico virou uma questão global e está chegando aqui”.
De acordo com uma pesquisa do Ibope Midia, mais de 70% dos brasileiros pagariam mais caro por produtos ambientalmente corretos. Isso indica uma intenção do brasileiro, que, pode inverter a ordem do mercado. “Quando o consumidor entender que pode ter o mesmo resultado sem afetar sua saúde nem o planeta, ele vai preferir esse produto”.
Com a opção por produtos totalmente naturais, os consumidores evitam contato com derivados de animais, de petróleo, conservantes sintéticos e fragrâncias, responsáveis por muitos casos de alergias. “Além disso, o produto natural tem benefícios reais. O óleo vegetal da castanha, por exemplo, é antioxidante, retarda o envelhecimento, cicatriza”. “O cosmético normal dá um efeito imediato, mas a médio e longo prazo causa efeitos colaterais. É como subir um degrau e descer dez”. De acordo com ela, o óleo mineral envelhece a pele precocemente e ingredientes como teflon e chumbo usados em maquiagem podem provocar até queda na libido. Mas nem todo produto natural é orgânico, e isso requer atenção do consumidor na hora da compra. Para isso é preciso uma série de certificações. “Ele não pode usar ingrediente transgênico, tudo tem que vir de agricultura orgânica”.
A Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) indica que os produtos locais e a incorporação das matérias primas da biodiversidade brasileira estão entre as grandes tendências do setor. Para o Vice-Presidente da Associação Brasileira de Cosmetologia (ABC), é possível prever mais produtos naturais no mercado a partir de agora. “Encontraremos muitas substâncias derivadas de plantas e um avanço na vetorização e nanoencapsulamento delas, o que dá maior eficácia e segurança”, diz. “A tendência é o desenvolvimento de dermocosméticos produzidos a base de materiais naturais, como por exemplo,um antiaging com cristais de quartzo rosa”.
Se a tendência se confirmar, entram com tudo nos potinhos de creme elementos como açaí, bacuri, castanha do Brasil e murumuru. Tudo isso aliado à tecnologia – e não como aquelas máscaras caseiras do tempo da vovó.




  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS